REssul

Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018

Dicas

Consórcios – Uma opção para quem planeja seu futuro

No Brasil, o consórcio surgiu nos anos 60 como forma de solucionar a falta de crédito direto ao consumidor. As primeiras modalidades foram criadas para o segmento de automóveis. No final dos anos 70, o setor começou a expandir-se e os especialistas passaram a estudar o lançamento de grupos para aquisição de motocicletas, caminhões e eletroeletrônicos. Nesse momento, o consórcio se firmou como um negócio sólido e rentável. A partir de 1991, o Banco Central passou a regulamentar o setor, fazendo com que o sistema evoluísse e passasse a possibilitar a aquisição dos mais diversos bens. Atualmente, o sistema de consórcios possui mais de 3 milhões de consorciados, sendo responsável pela movimentação de cerca de 14 bilhões de reais.

Cuidados com a segurança ao dirigir. Como evitar uma situação de risco.

  • Não coloque no seu carro adesivos que possam identificar onde você mora, onde trabalha, academia que freqüenta, faculdade, etc. Isto pode ser usado contra você;
  • Mantenha os vidros sempre fechados, ou minimamente abertos para permitir somente a entrada de ar, e as portas sempre travadas;
  • Se estiver em um táxi peça para o motorista travar as portas e fechar os vidros;
  • Ocorrendo uma "batidinha" leve na traseira do seu veículo aja rápido, observe pelo retrovisor as pessoas que estão no carro de trás. Se desconfiar de qualquer coisa, não pare, sinalize para a pessoa te seguir e dirija até um local movimentado, de preferência onde haja policiais ou seguranças. Se a intenção era te assaltar a pessoa não irá te seguir.
  • Se ocorrer à noite ou em locais desertos "nunca" pare, mesmo que não desconfie dos ocupantes do veículo.
  • Se o pneu furar a noite, ou em locais pouco movimentados, não pare. Dirija até um posto policial ou local movimentado; é preferível arcar com os prejuízos a correr o risco de ser assaltado;
  • As abordagens em veículos só são possíveis se o veículo estiver parado, um bandido nunca irá abordar um carro em movimento, sendo assim, evite parar ao máximo. Parado você se torna um alvo muito fácil;
  • Bandidos usam mulheres e crianças para fazer emboscada.
  • O bandido não quer ter surpresas desagradáveis e, via de regra, escolhe os alvos mais fáceis, sendo assim as películas escuras (insul-film) são interessantes para inibir a ação de assaltantes;
  • Se você achar que está sendo seguido por outro veículo não altere sua forma de dirigir. Dirija até um posto policial ou um local bastante movimentado onde haja seguranças ou policiais. Nunca pare o veículo e não escolha um posto de gasolina para se proteger, eles são locais geralmente pouco movimentados e visados por bandidos;
  • Ao chegar em casa, antes de parar o carro observe bem sua rua, locais onde pessoas possam se esconder, árvores próximas, etc. Se notar a presença de alguém suspeito não pare;
  • Evite rotinas, procure diversificar seus caminhos e se possível seus horários de saída e chegada;
  • Não descuide da manutenção do seu veículo, mantenha pneus, faróis, sistema elétrico, travas, motor, bateria, etc. sempre em ordem, evitando quebras que te obriguem a parar o veículo. Essas quebras podem acontecer à noite e em locais desertos;
  • Se isso acontecer e for impossível não parar procure resolver o problema o mais rápido possível e deixar logo o local perigoso. Tenha sempre telefones de guinchos. O telefone celular é uma ferramenta extremamente útil, tenha um telefone e procure mantê-lo sempre com crédito.
  • Se estiver dirigindo e algo líquido atingir seu pára-brisa não ligue os limpadores. Há relatos de um determinado tipo de resina que ao ser jogada no vidro e espalhada pelos limpadores provocam embaçamento que obriga o motorista parar.

Cuidados com a segurança ao parar no semáforo. Como proceder.

  • Quando o sinal estiver vermelho, procure manter seu carro à direita da rua. Geralmente os ladrões atacam pelo lado esquerdo, o do motorista. Ou na faixa central evitando também a calçada.
  • Vá reduzindo a velocidade devagar, tentando chegar ao cruzamento quando o sinal estiver abrindo.
  • Lembre-se: Carro parado é alvo fácil.
  • Evite as compras no sinal. Mesmo que o vendedor não seja ladrão, você se distrai, abre seu vidro e se expõe. Ladrões usam crianças para preparar o assalto. A criança se aproxima para pedir dinheiro ou vender algo, observa o interior do veículo procurando por maletas, computadores, carteiras, celulares e demais objetos de valor. Se o carro for interessante a criança "cola" um chiclete na lateral ou no pára-choques traseiro. No próximo semáforo o bandido observa os carros "marcados" e sabe que ali há uma oportunidade de roubo.
  • Coloque maletas e computadores no porta-malas e carteira e celular no porta-luvas;
  • Se tiver que parar, mantenha sempre a primeira marcha engatada;
  • Se suspeitar de alguma coisa, procure ficar "colado" na lateral do carro à sua esquerda, não deixando espaço para abordagem;
  • Fique atento a tudo ao seu redor. Não se distraia;
  • A surpresa é a grande arma do bandido;
  • Em geral a faixa central é a mais segura, pois o bandido irá agir pelas calçadas ou pelo canteiro central.
  • Procure manter distância do veículo da frente, o suficiente para visualizar as rodas de trás do carro, assim você poderá se evadir rapidamente do local sem fazer manobras;
  • Se a intenção for roubar o veículo às primeiras posições são mais perigosas, pois o bandido terá a sua frente livre para deixar o local rapidamente;
  • Se a intenção for roubar objetos às últimas posições também se tornam perigosas já que o bandido não irá se expor demasiadamente e terá maior facilidade para fugir por trás do veículo sem ter que transitar entre outros carros parados.

O corretor de seguros e seu papel na sociedade

Atendimento personalizado e de acordo com as suas necessidades. Isso é possível quando adquirimos um seguro? A resposta é sim. Como? A melhor opção é sempre consultar um corretor de seguros ao contratar um seguro. O papel do corretor de seguros vai além de um simples vendedor, ele exerce a função de um consultor especializado. Como consultor, o corretor de seguros irá zelar pelos interesses e direitos de seus segurados, orientando sobre os melhores produtos e seguradoras que atenderão as suas necessidades de maneira personalizada. Essa orientação começa na escolha do produto. Para isso, o segurado dará informações a seu corretor sobre o Bem a ser segurado, ou se for o caso de um seguro pessoal, quais as características de cobertura e proteção que você precisa. Assim, você tem no corretor de seguros a figura de uma pessoa de extrema importância e confiança, que diante das informações levantadas, dará a orientação da melhor seguradora e o produto, adequados a seu perfil e necessidade naquele momento. Após o processo de contratação do seguro, o corretor irá administrar a sua apólice, auxiliando na orientação de seus direitos, na manutenção da vigência da apólice e participando ativamente na assistência ao segurado após a ocorrência do sinistro. É nesse momento que o corretor de seguros faz a diferença. Diferente de quando um seguro é adquirido em uma instituição bancária ou através de um agente de seguros, o corretor de seguros é quem cuidará de toda a parte burocrática, quando por ocasião, vier a fazer uso de seus direitos como segurado em caso de um sinistro. Outra função do corretor é a disseminação de idéias e soluções para a sociedade, no que diz respeito à proteção patrimonial, do individuo e da família. Diante disso, imagine uma situação comum a nossas vidas. Quando falamos em seguros, vislumbramos num primeiro momento aqueles mais comuns ao nosso dia-a-dia, tais como, o seguro de automóvel, residencial e de vida. Hoje os produtos e soluções em seguros fazem parte de um universo muito mais amplo. Existem seguros para várias áreas da sociedade, desde a empresarial (seguro de lucros cessantes, seguro de obrigações contratuais) até a proteção de profissionais liberais (seguro de acidentes pessoais, seguro de responsabilidade civil profissional). Assim, o corretor exerce um importante papel social. Dessa maneira, consultar um corretor de seguros no momento de adquirir um seguro é a maneira mais eficaz e segura para garantir um melhor aproveitamento do produto contratado, sua utilização e os direitos que você terá sobre o mesmo. Ele será o profissional mais adequado e que prestará a melhor orientação e assessoria nas questões que envolvam a segurança de seu patrimônio e de sua família.

Dicas de segurança residencial

  • Muitos invasores não demorarão mais de 60 segundos para tentar invadir uma residência. Quanto mais ele tiver que trabalhar, menor a chance que você tem de se tornar uma vítima.
  • Um invasor irá dispensar sua residência se ela requerer muito esforço ou requerer mais ferramentas do que ele possua.
  • Invasores escolhem residências vazias com fácil acesso, grandes quantidade de áreas cobertas, como jardins, por exemplo, e com as melhores rotas de fuga.
  • Um invasor se sente menos atraído a invadir residências bem iluminadas.
  • A maneira mais comum de se forçar a entrada por uma porta com portais de madeira é o chute.
  • A maioria das invasões residenciais ocorrem de dia, quando os proprietários estão no trabalho ou escola.
  • A maioria dos invasores estão procurando objetos pequenos, de alto valor e que possam ser convertidos em dinheiro (jóias, armas, relógios, objetos antigos, notebooks, etc).
  • - Todas as portas devem ser presas por correntes internas.
  • Instale um "olho-mágico" para visualizar visitantes antes de abrir a porta.
  • Mantenha boa iluminação, principalmente nas entradas.
  • Remova árvores ou qualquer outro item que obstrua a visão de portas e janelas.
  • Nunca esconda suas chaves do lado de fora. Ao invés disto, dê uma chave extra para um amigo ou membro da família.
  • Nunca ponha etiquetas de identificação em seus chaveiros.
  • Troque as fechaduras quando se mudar para uma nova casa ou apartamento.
  • Certifique-se de que todas as janelas possuam cadeados que estejam funcionando corretamente.
  • Instale pinos ou cabos de madeira para impedir que as janelas abram mais de 10cm.
  • Corte galhos de árvores que possam servir para subir ao segundo andar.
  • Guarde escadas ou outros objetos que possam servir para o invasor acessar o segundo andar.
  • Proteja aberturas no telhado, ar-condicionado e sistemas de exaustão.
  • O ar-condicionado deve ser instalado nas paredes, ao invés da janela, para prevenir que sejam facilmente removidos.
  • Considere instalar grades nas janelas (mas certifique-se que elas possam ser facilmente removidas em caso de fuga de incêndio ou outra emergência).



Get Adobe Flash player

Get Adobe Flash player

Get Adobe Flash player

Get Adobe Flash player

Get Adobe Flash player

Selecione um número e conheça outros produtos.

Proibido cópia e reprodução